3.9.08

Zarabatanas múltiplas

Adorei o Elio Gaspari ter abordado, em sua última coluna n'O Globo, essa prática safada da indústria de diminuir o conteúdo dos seus produtos e se proteger colocando um ínfimo aviso na embalagem. Ele escreveu especificamente contra a Nestlé, que diminui a farinha láctea de 1kg para 900g. Isso está ridiculamente comum, tenho reparado. O pacote de fraldas que vinha com 10 agora vem com 9. O que vinha com 12, vem com 11. Até o lencinho umedecido Huggies tem a desfaçatez de informar: "Quantidade reduzida de 50 para 48 lenços. Menos 2 lenços -4%." Todas as marcas de pão de queijo diminuíram absurdos 20%, passando de 500g para 400g. A embalagem continua idêntica, exceto pelo pequeno aviso sobre a diminuição. Para quem tem o hábito de comprar sempre e simplesmente pega o pacote no supermercado, passa despercebido. Eu só notei porque antes tinha que fazer uma ginástica para que todos os pães de queijo congelados coubessem no tabuleiro sem ficar uns sobre os outros, e de repente começou a sobrar espaço. Semana passada foi um biscoito que eu costumava comprar muito há alguns anos, chamado Tortitas, da Adria. Comprei e achei o biscoito minúsculo, parecia um botão de roupa de gente velha. Olhei na embalagem e estava lá, diminuição de 180g para 150g, ou coisa parecida. Um descaramento, sinceramente. Mas é uma prática generalizada. Óbvio que os preços continuam os mesmos. O que resta é escrever reclamando, dizendo Eu sei que o aviso que vocês colocam na embalagem está de acordo com a legislação, mas isso não esconde a má-fé, e eu parei de comprar o seu produto por causa disso.
Zarabatana neles!
Em tempo: minha saga de consumidora consciente continua. Dessa vez foi com fraldas Pampers. Num pacote vieram 3 fraldas com defeito. 2 com algodão saindo pelos lados, e 1 sem algodão nenhum. Guardei o pacote e as fraldas ruins, liguei, reclamei. Hoje tocou um cara aqui em casa dizendo "Vim trocar a fralda". Quase respondi, Mas moço, acho que o senhor não vai caber no trocador.
:-)

8 comentários:

Paola disse...

Anna,
Já faz alguns dias que venho acompanhando seu Blog. Estou adorando!
Concordo com sua queixa sobre a quantidade de produtos, já mandei cartas para algumas empresas, e as resposta que recebemos são no mínimo um atestado de engambelamento, é impressionante!
Zarabatana neles! Mais cartas, não há razão plauzível para tais mudanças!
abraços,
Paola

F. disse...

Zarabatana neles, Anna!!!!
Muito bom mesmo.. Bjs.

Ângela F. disse...

Ai. passei pelo mercadinho que usa a maquininha de remarcar. a geladeira amarela está lá. claro, com etiquetas remarcando tudo. fiquei muito abalada. pq me senti traindo você. mas eu ainda não tinha achado o diabo da geladeira. eu tive que comprar o talento preto, que na versao nao gelada é o meu favorito, parece chocolate gringo, aquele amargo com amêndoas. comprei o picolé, pagando ágio e com culpa.
tô me confessando. quem sabe parte da culpa passa :)
se bem que quando eu mordi o picolé...

Cam Seslaf disse...

As minhas têm vindo sem o duréquinho*, ou com o duréquinho arrancado. Mas não notei que falta fralda no pacote não, olha só!

*Sorry, sem dormir há duas noites, então não me ocorre o nome do fecho adesivo das fraldas. Só duréquinho. :o)

Anunciação disse...

Adorei essa do durequinho.Eu já havia notado algumas dessas palhaçadas pq demoro muito no supermercado olhando com meu oclinho meia boca todas aquelas letras formiguinhas e não comprando o produto se posso evitar,e posso a maioria das vezes.Outro dia estava pensando sobre o papel higiênico e não é que vi na televisão uma pesquisa mostrando que alguns não tem a quantidade de metros que dizem ter?O que eu compro não estava na lista,ou não foi analisado.

MegMarques disse...

Ótimo post!

anna v. disse...

Paola, obrigada. Pois é, só nos resta reclamar e muito.
Ângela, me admira você, dando dinheiro àqueles cretinos da esquina. Menina, e agora a vida sem o Zona Sul aqui, hein? Como vai ser?!
Cam, reclama do durequinho. Liga e reclama, costuma ser muito rápido e eficaz. Ou ainda, no seu caso, você pode, como diz um amigo devogado, "tacar-lhe um processo nas costas".
Anunciação, é terrível, tem sempre alguém querendo ganhar pra cima do consumidor. Como dizem por aí, "só aparece quem me ferre".
Meg, ;-*

Ângela F. disse...

vai ser naquele popular da sao clemente, perto do unibanco. ou no prezunic, que a monix adora, hahaha