21.2.09

Pequenos segredos (in)confessáveis

1. Sábado de carnaval, última noite sozinha com a pequenina antes de o marido voltar de viagem, fui jantar depois que ela dormiu. Meio cansada de comer a mesma comida caseira todo dia a semana inteira, pedi um Combo Kids (pizza brotinho + latinha de iced tea + brownie) da Dominos. Comi com o maior apetite, e agora estou aqui, empanzinada, empanturrada, arrependida.

2. É programa turistão-farofa, mas morro de vontade de ir na roda-gigante que instalaram no Forte de Copacabana. (Pena que batizaram de Rio-2016, de modo que ir lá pode parecer um apoio ao delírio de se fazer uma olimpíada no Balneário daqui a míseros 7 anos.)

3. Não estou com a menor vontade de pular carnaval este ano.

4 comentários:

Helê disse...

Ó, eu fui com a minha filha na Roda e adoramos, com direito a passeio no Forte itself e lanchinho da Colombo. Vale a pena, palavra de carioca (carioca suburbana, que se sente sempre meio turista pra lá do túnel, mas ainda assim carioca ;-) ).

Deh disse...

Uia. É que, sacumé, aí no Rio, né, aquela coisa toda, oooutro clima. Eu me abalaria, por exemplo, pra ver o Monobloco, que me arrepia.
Mas aqui na Capitar do Crima, onde nada acontece, hoje o dia foi de faxina. Amanhã será pintura. Carnaval só na terça, dia do Alê ir à matinê do SESC.
Beijo!

Anônimo disse...

Eu fui à primeira roda e achei muito bonito lá de cima, anna, acho que vale o passeio, é uma coisa bem carioca mesmo, a vista é linda.
beijo,
clara

anna v. disse...

Vou ver se me animo para ir na Roda, deve ser lindo, mesmo.
Deh, já fui muito ao Monobloco. Mas está no rol das coisas que ficaram pra trás com a minha primeira juventude, junto de rock in rios e shows na praça da apoteose.