23.3.08

Saia justa

Foi anteontem. Estava em casa, minding my own business, quando Marido perguntou se eu não queria ir na casa de A. e M., conversar sobre o assunto X. Levando a Mathilde, é claro. E ainda por cima estariam lá A., K., e N., que ou ainda não conheciam a pequena, ou só a viram uma vez.
Topei. Afinal, tenho saído tão pouco de casa. E além disso, Mathilde freqüentou muito a casa de A. e M., quando estava na barriga.
Chegamos lá, ela foi aquele sucesso, como sempre. Mais uma sessão de "Cine Mathilde", como eu chamo quando várias pessoas ficam enfileiradas só olhando para ela -- que aliás agora só quer ficar sentada sem apoiar as costas, segurando só pelas mãozinhas. É um azougue, essa criança de dois meses e meio.
Aí comentei da linda sessão de fotos de algumas semanas atrás, fotos com fundo preto, como essa aqui embaixo. Ao que N. vira e diz, naturalmente: "É, eu vi no seu blogue." Minha cara foi de "??!!". E ela, "Eu tenho acompanhado sempre". Mal deu tempo de me refazer. Só aproveitei que estava todo mundo meio falando ao mesmo tempo para dizer alguma coisa do tipo "Ih, me dá um paninho que ela está babando loucamente!", e o assunto morreu.
É a vida. A gente acha que é muito esperta, que tem um blogue que mantém escondido de (quase) todo mundo, mas oh, qual nada. Ha.
Não tenho idéia de como N. pode ter chegado aqui. Nunca comentou nada comigo. Mas afinal, ela não é uma qualquer. É uma samurai. Vai entender.
.

6 comentários:

Cam Seslaf disse...

Passa o dia inteiro de babador, já temos uma coleção, HAHAHAHA! ;D

Anônimo disse...

anna, imagino o sucesso dessa mocinha, ao vivo e a cores, se nas fotos é esse arraso...:)
um abraço,
clara lopez

Ana disse...

Hmmm... como será que ela descobriu... talvez estivesse circulando pela blogosfera e viu uma foto da Mathilde, aí ficou fácil saber quem você é.

Bjs.

Ângela Fatorelli disse...

bem vinda ao clube.
mas ei. não faça como eu que acabei por fechar meu boteco...

F. disse...

Pois é Anna, curiosa essa nossa ingenuidade de achar que vamos colocar tudo num blog aberto na internet e só os amigos mais próximos vão ficar sabendo... Estou vendo a hora que a polícia política angolana vai vir bater na minha porta (rs).

anna v. disse...

Ana, será? Não é possível!
Angela, não querida, não se preocupe.
F., nem brinca, hein!
;-)