17.5.08

Estranho, muito estranho


Essa é para os clientes (melhor dizendo: vítimas) da Oi/Telemar/Seja-lá-qual-for-o-nome-desta-empresa-cretina:
Puxe pela memória e lembre-se se algum dia, há alguns anos, você recebeu um kit todo metido a chique e um cartão, dizendo que estava automaticamente associado a um "Programa de Relacionamento", que creditava pontos conforme você gastava mais na sua conta, e que esses pontos seriam trocados por prêmios, esse yada yada todo.
Bom, eu fui uma das agraciadas, e obviamente esqueci do assunto logo depois. Mas eis que agora, X anos depois, a Oi/Telemar/Whatever resolveu "descontinuar" o programa de relacionamento no dia 30/4, e os participantes têm até 31/5 para trocar os prêmios. Liguei para lá e consegui descobrir minha pontuação, graças a uma atendente surpreendentemente sagaz. Com ela ainda na linha (não, a ligação não caiu!), vi no site os prêmios que poderia escolher (basicamente celulares ou telefones fixos), e escolhi um telefone sem fio. Esse aí da foto. Isso foi ontem à tarde. E aí hoje de manhã (menos de 24 horas depois) me toca aqui uma entrega do Submarino (?). Era o tal telefone. Só vendo mesmo pra crer. (Quer dizer, ainda não instalei. Tudo é possível.)
Então se você acha que pode ter sido compulsoriamente inscrito no tal programa, vá no site www.programaderelacionamento.com.br para escolher um prêmio. Eu descobri a pontuação ligando para 0800-284-3131 e (importante) continuando na linha depois de ouvir a gravação dizendo que o programa terminou. Foi então que falei com a atendente esperta.
Que coisa.
Enfim, fica a dica.

4 comentários:

Clara Lopez disse...

Anna, só espero que a Submarino não mande a fatura do aparelho :))
um abraço, e beijo em mathilde,
clara lopez

Anônimo disse...

respondi no próprio comentário lá no blog, mas não respondo nunca, nem sei se você vai ler, vou colar aqui também (até hoje não sei direito essa dinâmica de blog, mil anos depois):

Anna,

mas eu nem estou falando do discurso acadêmico, que sei que é um porre com seu relativismo (eu sou assim, a super relativista). estou pensando mais na crítica que a sociedade faz (essas músicas fazem os jovens "se perderem" e etc). não sei se consegui explicar a diferença. musicalmente também acho ruim, mas a população em geral não está preocupada com isso (pq ouve coisas tão ruins quanto), mas com as letras. sei lá...

bj, S.

Anunciação disse...

Não me lembrava desse tal programa e fui no site.É só para minas,rio e não me lembro o outro estado.Boa sorte com seu prêmio.

anna v. disse...

Clara, hehe, espero que não! Mas já ligamos, e funciona!
S., esse papo pede um chope...
Anunciação, que pena. Eu estou meio desconfiada, ainda.