6.12.08

Rua da Glória

É preciso tirar o chapéu para a Prefeitura (essa do apagar das luzes) da muy leal e heróica cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Pois conseguiram encontrar uma rua que nunca engarrafava. Então fizeram uma obra para aumentar a calçada que já era de uma largura mais que suficiente, e reduziram de quatro para duas pistas de rolamento. E se ao menos tivessem colocado ciclovias pelos lados, mas nem isso: só mais vaga$ para estacionamento. O resultado são magníficos engarrafamentos, a qualquer dia, a qualquer hora.
Vamos e venhamos: esses caras da Prefeitura são bons. Fazer uma barbeiragem dessa não é pra qualquer um. Requer técnica, prática e habilidade.

Desmandos à parte, nos últimos dois anos trabalhei na Glória, e me encantei pelo bairro. Apesar de meio suja e abandonada, a Glória tem um tremendo charme. Além de abrigar a Marina da Glória, o Outeiro da Glória, o Hotel Glória e a Taberna da Glória, ela tem uma elegância antiga que muito me agrada. Da Rua da Glória (agora com seu calçadão de um decâmetro e largura), ver a baía de Guanabara ao fundo e a Praça Paris no meio é um espetáculo. Várias vezes tive a impressão de que, dali, o céu era muito mais azul.

PS: Estou tentando inserir uma foto bonita da Glória, da Praça Paris, mas por algum motivo não está funcionando esta bodega. Alguém sabe o que é? É o Blogspot? Será a última atualização do Fire Fox que baixei ontem? Bom, o link para a foto é este aqui.

.

12 comentários:

Deh disse...

Óia, eu num sei se é o blogger não, porque mexi nele agora há pouquinho... (hm, se bem que não postei foto)

Deh disse...

Hm, bonito mesmo. :)

Clara Lopez disse...

O bairro tem mesmo seu encanto, ana, (minha mãe mora ali), mas está tão abandonado e cheio de gente vagando como o catete. Minha mãe contava ontem que ela sai cedo às sextas feiras para vir à igreja do zaccaria, e tem aumentado muito o número dos que dormem na esquina da rua da glória com santo amaro, parece que toda a galera de rua banida do copabacana veio para essas bandas. Seria legal que quem os deportou também trouxesse meios de ajudá-los a sair das ruas e da mendicância.
um abraço,
clara

anna v. disse...

Clara, tem toda razão. O abandono dessa região Catete/Glória é de partir o coração. Porque são bairros importantes, históricos e charmosos. É pena que o Rio seja assim.

Anunciação disse...

Adorei a foto e adicionei sua galeria pública aos meus favoritos.

osvjor disse...

Infelizmente a Glória morreu faz tempo. Ou talvez esteja apenas se fingindo de morta pra enganar o predador, quem sabe até aparecer um governo de verdade que pare de KGr a cidade e a faça se levantar da tumba. Morei lá uns anos e era um inferno por causa da desordem urbana, o total desrespeito a qualquer tipo de norma de civilidade, postura municipal, lei ordinária, Constiuição, Dez Mandamentos etc. Quer dizer, é a cara do Rio.

Anônimo disse...

osvjor, eu tenho esperanças de que as obras no hotel glória, qdo terminarem (em 2 anos), tragam ao bairro também alguns benefícios, pelo menos o sujeito que comprou o hotel disse que vai tornar aquela região um cartão postal, e com mendigos não dá, não é?
um abraço,
clara

Anônimo disse...

Pois é, anna, eu tb acho os dois bairros importantes, têm prédios super charmosos, alguns restaurados, outros caindo aos pedaços, e mereciam melhor tratamento, mas...
beijo,
clara

anna v. disse...

Acho que vocês têm razão. Eu só gosto da Glória porque não moro lá.

Ângela Fatorelli disse...

nem fala. hoje eu atrasei 20 minutos por causa da obra da rua da Glória. e eu não me atraso. se eu estiver me atrasando, pode ir embora que eu não vou. mas atrasar é algo que não faço. NUNCA. Revolta, muita revolta. e o taxista? O cara mais chato do mundo, dizendo que a culpa era do Brizola. Ah, pelamor.

anna v. disse...

Ângela: eu avisei.

Cláudio Luiz disse...

Ai, eu moro na Glória (cândido mendes). só que estou fora desde setembro. Eles tinham começado as obras quando viajei. Então, só gastaram dinheiro... :o(