29.11.06

Não sou uma só


Fui ao lançamento ontem do livro da Marina W. Por motivos profissionais, além dos afetivos. Conheço a Marina, mas ela não conhece este blog. Não pude ficar até muito tarde, mas deu pra encontrar a loura e conhecer uma das fridas (com sua filha mais-linda-do-mundo).
É impressionante como a Marina consegue fazer de um assunto tão pesado uma leitura tão leve. Quem conhece o blowg sabe como ela tem o charme de escrever sobre as bobagens do dia-a-dia de uma forma tão cativante. O que surpreende é como ela consegue escrever sobre as barras pesadas de uma doença como o transtorno bipolar de uma forma igualmente cativante. Tem passagens em que você ri, tem horas em que dá vontade de chorar. Em uns momentos você se identifica, em outros, lembra de alguém. Sem dúvida foi um processo doloroso escrever este livro, e a coragem de expor, com a publicação, não é pouca. Bem, chega de falar. Leiam, e só.

5 comentários:

Fezoca disse...

quero comprar esse livro!

Jussara disse...

Realmente ela escreve de forma leve e a leitura é super agradável; depois de ler o primeiro capítulo na net, fiquei super curiosa para ler o resto;não vejo a hora do meu livro chegar.

Mauricio Neves disse...

Adorei isso aqui! E amei as flamenguísticas, saudações :-) Tu conheces o livro que foi lançado com posts do Blog da Flamengonet? Tem algumas boas flamenguísticas lá.
Bjs. Mauricio

anna v. disse...

Fer: compra, uai.
Jussara: depois conta se vc gostou ou não.
Mauricio: saudações. Não conheço o livro, não. Onde eu acho?

Jussara disse...

Conto sim, Anna; espero que o meu chegue amanhã; acho que vou ler de uma tacada só :).