6.10.06

Mi Buenos Aires Querido - parte 4


Comes e bebes - cerveza (cerbêssa)
A Quilmes domina o ambiente. Eu sou do time que prefere quase sempre uma boa cerveja de garrafa, e nesse quesito a Imperial (da Quilmes também) me pareceu imbatível. Vi muito anúncio da Brahma por lá também. Nos pubs de Palermo acha-se fácil chopes Warsteiner e até Guiness tirada na hora -- aquela cerveja preta que não se bebe, se come. Outra coisa interessante é que toda bebida vem com um tira-gosto de cortesia. Para cerveja, geralmente amendoins ou biscoitinhos Torcida-alike. Para cafés, sempre um bolinho, brownie, biscoito...

Crise econômica
Nossos hermanos estão bem ferrados, como nosotros aqui. A quantidade de gente pedindo dinheiro na rua, dormindo nas praças, vendendo bugigangas no metrô, é de espantar até carioca. E é meio pungente reparar que, num ambiente fechado como o metrô, os argentinos se constrangem muito com essa situação. Passa uma velhinha doente pedindo dinheiro para comprar remédio, e a cara dos argentinos é de um sofrimento atroz, uma humilhação por ver o país passando por isso.

Transportes - el subte
O subte (de subterraneo) é o metrô, que atende parte da cidade. Tem cinco linhas que não me pareceam muito inteligentes, pois correm praticamente paralelas umas às outras, sem uma linha que corte na perpendicular. A mais antiga é a linha A, e os trens são estilo vintage. Vale passar pela estação Peru, que é toda bonita.

Transportes - a pé
Buenos Aires é ótima para se caminhar muito. Não tem muitas ladeiras, e na maior parte da cidade é tudo quadrado e fácil de se achar. Além disso, eles têm um sistema de numeração de casas que, quando eu for ditadora do mundo, será adotado em todo o planeta. Cada quadra tem sempre 100 números. Ou seja, uma vai de 100 a 200, a outra de 200 a 300, e assim sucessivamente. Como as ruas e avenidas são longuíssimas, este sistema é muito útil. Porque se você está numa rua no número 1652 e tem que ir para a mesma rua no número 2288, sabe que precisa andar exatamente 5 quadras. Tão simples quanto genial.

Um comentário:

Alena disse...

Na Espanha, os tira-gostos acompanham a bebida que você pede. Há ótimos aperitivos sempre. Eu me fartava ...